top of page

O grande Salto

Por Dani Raphael

Com o tempo descobri que o grande salto — o mais perigoso —  é aquele que nos leva para dentro de nós mesmos.

Que os labirintos mais sombrios, e que as chamas que nunca param de crepitar estão dentro da nossa mente.

Descobri que a oração não é nada além de uma gota de chuva fina, incapaz de apagar a queimada insana, da nossa “Floresta Encantada”.

Não há no mundo lugar mais sombrio que dentro do próprio reflexo no espelho.

Deve ser por isso que muitos ainda insistem em olhar para fora, observar a vida do outro, chorar dores alheias e fingir que dentro da sua aldeia está tudo bem.

Só acho —  nesta tarde de sol que não passa —  que estou me arriscando demais aqui no alto do meu próprio penhasco.

Ainda não sei se tenho coragem para saltar, não sei se suportaria me encontrar perdida dentro do meu próprio vazio, não sei se sou tão forte assim.




1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page