top of page

Lucia

Atualizado: 18 de set. de 2022

Enquanto me olhas, com olhos de quem vê o mundo, mas não reconhece as cores, me pergunto se sou digno de tocar-lhe a face e enrubescer lhe os lábios, com meus lábios ardentes em febre.

E percorro por alguns longos instantes, o que seria os montes do paraíso, que meus pés talvez nunca hão de pisar.

-o que queres de mim, diga-me a verdade

E no instante em que as poucas palavras saem da sua boca, vago pelo universo dos meus desejos, tentando disfarçar o que sinto e dizer que nada quero, além do poder fitar-lhe emoldurada no espelho.


Por Dani Raphael


Imagem Pexels




13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Noite

bottom of page