top of page

Bagunça

"Sou a bagunça

Dos sons ecoando nos rádios

Sou a bagunça dos papeis

Nas sarjetas rasgados

Sou a bagunça do silêncio

Dos que choram de saudade

Sou a bagunça da fome

Dos menores abandonados

Sou a bagunça do meu quarto

Do meu espelho embaçado

Dos meus nomes trocados

Das minhas mãos cheias de tintaS

Dos meus livros empilhados

Na quina da escrivaninha

Sou a bagunça

Dos meus pensamentos

Intercalados com os teus. "

Por Dani Raphael


3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Noite

bottom of page