top of page

A mulher em mim

Por Dani Raphael

A mulher em mim sente arrepios,

 sente ânsia,  sente medo,  sente desejo

Sente em sua carne os detalhes dos segredos guardados

Quando sondados em suas noites de cama vazia,

Sente euforia, sente receio, sente, apenas sente

A confusão de tantos sentidos

A loucura de tantos gemidos

Dos incontáveis diálogos cheios em seus silêncios

A mulher em mim sente e sente

Numa intensidade de quem corta a própria carne

Com a ilusão de expurgar em gotas de sangue

Todo veneno absorvido por anos de esgotamento e punição

A mulher em mim apenas sente e sente muito.


Imagem pexels


4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Noite

bottom of page